O Cristo e a Filosofia

R$75,00

A guerra declarada a Jesus Cristo durante a sua peregrinação sobre a terra não acaba no Calvário; prossegue através dos séculos com fereza crescente. A doutrina, os feitos, a pessoa adorável desse libertador augusto, são objetos de contínuas discussões que degeneram às vezes em perseguições atrozes, em hecatombes sangrentas.

REF: 9786590093950 Categoria: Tag:

Descrição

A guerra declarada a Jesus Cristo durante a sua peregrinação sobre a terra não acaba no Calvário; prossegue através dos séculos com fereza crescente. A doutrina, os feitos, a pessoa adorável desse libertador augusto, são objetos de contínuas discussões que degeneram às vezes em perseguições atrozes, em hecatombes sangrentas.

Apesar dos esforços que a impiedade realiza para eclipsar seu nome, Cristo chega até nós recebendo a homenagem das gerações, atraindo a si os amores das almas e o olhar dos povos.

Esta luta contra o Crucificado se aguça nos últimos tempos, revestindo no presente caracteres de hostilidade jamais conhecida na história. Causas especiais têm contribuído para exardecer os ânimos na contenda, para formar uma atmosfera saturada de ódio anticristão, de espírito sectário. Destruídos os moldes da tradição religiosa que por tantos anos informou a investigação filosófica, o pensamento humano se emancipou da revelação, tentando construir por si só o edifício da ciência e resolver sem auxílio da autoridade os problemas fundamentais da vida. Lutero ao formular seu ruidoso protesto não negava a Deus, porém, semeava o germe do ateísmo futuro, porque sacudindo o jugo da autoridade eclesiástica, minava as bases do Cristianismo, erigindo a razão humana em juízo infalível de doutrinas teológicas. Desde que se reconhece como único órgão de interpretação dogmática o juízo individual, desaparece a ordem sobrenatural, porque se subordina esta à razão, o que equivale a negá-la, e uma vez negada a ordem sobrenatural, não há força que impeça os extravios da inteligência, as desordens da liberdade.Conheceram-no assim os filósofos, e impulsionados pela força irresistível da lógica descobriram, de pronto, as funestas conseqüências que encerravam as premissas assentadas por Lutero.

O ambiente de incredulidade dos laboratórios e das cátedras não podia limitar-se à região da idéia; tinha que descer por necessidade às entranhas da realidade social, invadindo o ensino, a literatura, a política, o governo das multidões populares. Assim sucedeu realmente, causando um desequilíbrio mental que horroriza, uma decomposição moral que faz vacilar os fundamentos das instituições seculares. Daqui essa conspiração permanente contra a verdade, essa perseguição contra a Igreja, essa luta de classes que produz nas almas uma inquietude, um vazio que as traz agitações e revoltas. É o vazio de Deus que não podem encher todos os bens da terra e que ameaça como um cataclismo supremo se esta sociedade arrependida não voltar a Cristo em demanda da luz e da vida.

Ficha Técnica:
ISBN: 9786590093950
Editora: Calvariae Editorial
Dimensões: 16 x 23 cm
Páginas: 348
Idioma: Português

Informação adicional

Peso 0.3 kg
Dimensões 16 × 23 × 0.3 cm