Promoção!

Politização da Bíblia – As raízes do Método Histórico-Crítico e a secularização da Escritura (1300-1700)

O objetivo de Scott Hahn e Benjamin Wiker nesse estudo é demonstrar que os problemas da crítica histórica não são primordialmente exegéticos, mas filosóficos, e suas raízes intelectuais remontam ao nominalismo do final da Idade Média, quando surgiram maneiras alternativas de ler as Escrituras, estranhas não apenas à Igreja e sua tradição, mas às formas clássicas de interpretar textos.

R$119,90 R$110,00

REF: 9788584911059 Categoria Tag:

Descrição

O objetivo de Scott Hahn e Benjamin Wiker nesse estudo é demonstrar que os problemas da crítica histórica não são primordialmente exegéticos, mas filosóficos, e suas raízes intelectuais remontam ao nominalismo do final da Idade Média, quando surgiram maneiras alternativas de ler as Escrituras, estranhas não apenas à Igreja e sua tradição, mas às formas clássicas de interpretar textos.

A crítica histórica tem, portanto, a sua própria história, e a conseqüente subordinação das Escrituras ao secularismo foi a primeira fase de sua politização. Prenúncios dessa abordagem surgiram como parte do processo de subordinação, como, por exemplo, no hábito exegético de Maquiavel de corrigir a história sagrada a partir da história secular ou pagã.

Sobre os autores:

SCOTT HAHN é Ph.D. em Teologia Sistemática pela Marquette University. É autor de vários livros e atualmente é professor de Teologia e de Sagrada Escritura na Universidade Franciscana em Steubenville, Ohio, EUA.

BENJAMIN WIKER é Ph.D. em Ética Teológica pela Universidade de Vanderbilt, Tennessee, e foi professor de diversas universidades americanas. É escritor e palestrante; vive em Ohio com a mulher e sete filhos.

Ficha Técnica:

Número de Páginas: 784
Editora: Ecclesiae
Idioma: Português
ISBN: 9788584911059
Dimensões do Livro: 16 x 23 cm.

Informação adicional

Peso0.8 kg
Dimensões16 × 23 × 0.8 cm